4.7

Resumo


O espetáculo cantado “JK um Reencontro com o Brasil” volta à capital paulista

 

Assistido por mais de 18 mil pessoas, o espetáculo cantado JK Um Reencontro com o Brasil, uma obra da Fundação Brasil meu Amor (FBMA), volta à capital de paulista e estará em cartaz no Teatro Procópio Ferreira, nos dias 22, 23, 29 e 30 de maio.

 

O espetáculo além de combinar música, teatro e artes visuais, resgata a autoestima do brasileiro, uma vez que conta a história do País do século XX, por meio da vida de Juscelino Kubitschek, numa época em que fomos grandiosos. Apresentado em diversas cidades do Brasil, como Belo Horizonte, Salvador, Maceió, Natal, Campinas, Curitiba, Brasília, entre outras, o intuito da Fundação, neste espetáculo, é trazer reflexões sobre a política nacional, mostrar detalhes ocultos da nossa história e levar os espectadores a uma viajem no tempo de sonhos, heróis e glória.

 

“É muito mais que um espetáculo. É uma aula de história e uma injeção de brasilidade. Este é o momento para discutirmos a verdadeira história do Brasil, para que possamos construir um futuro decente. O musical nos faz refletir o quanto podemos realizar e mudar o nossa nação, como protagonistas da nossa própria história. Afinal, aqui é o nosso País”, conta Glaucia Nasser, intérprete do espetáculo e cofundadora da FBMA.

 

A escolha em retratar a vida de JK surgiu não só pela sua importância histórica – o presidente foi o responsável por um dos mandatos em que o Brasil floresceu em todas as áreas: nas artes, na economia, na arquitetura, nos esportes, etc. Os verdadeiros anos dourados do Brasil – mas, também, pela sua biografia. De origem humilde, Juscelino Kubitschek chegou à presidência e seu mandato é lembrado como a construção de uma Era. No espetáculo a história de JK é contada desde o seu nascimento até sua trajetória profissional e política, incluindo grandes momentos, como a construção de Brasília e o reflexo desta história nos dias de hoje.

 

“Queremos levar uma mensagem de esperança para conectar cada pessoa da plateia à ‘alma do Brasil’, relembrando a fé, a alegria de ser brasileiro e a confiança de que nosso País pode ser o melhor lugar do mundo”, completa Glaucia.

 

Produção audiovisual transforma o espetáculo em cinema

 

Além de um repertório musical bem vasto, o espetáculo conta ainda com um telão que ocupa todo o palco. Enquanto a intérprete Glaucia Nasser canta e narra a história de JK, imagens do Brasil são reproduzidas contextualizando a nossa trajetória. O trabalho de construção do roteiro e das imagens utilizadas contou com a participação de uma equipe de 135 pessoas, incluindo doutorandos da USP que realizaram uma vasta pesquisa histórica para nos contar sobre o Brasil de verdade.

 

Com direção geral da FBMA, o espetáculo conta com os talentos do Diretor Artístico e Técnico Júlio Cesarini e do Maestro Paulinho Dáfilin. Além de Gláucia Nasser, oito músicos de diversas regiões do Brasil participam do espetáculo: Fernando Nunes (baixo), Pedro Cunha (teclados e acordeon), Chrys Galante e Leandrinho Vieira (percussão), Thiago Gomes (bateria), Guiza Ribeiro (guitarra e violões) e Jonas Moncaio (violoncelo).

 


Direção Geral: FBMA  A Fundação Brasil Meu Amor, um projeto idealizado por 135 brasileiros, é uma jovem entidade sem fins lucrativos, que tem por objetivo maior resgatar a história do Brasil e de seus heróis, atuar na realidade apoiando servidores públicos decentes e investir no futuro do Brasil, ou seja, cuidar do País a partir do cidadão.

Direção técnica e Artística: Julio Cesarini – Atua como Diretor Artístico, Técnico, Cenógrafo e figurinista do espetáculo, um projeto que refletiu a sua personalidade de culto à cultura brasileira e o engrandecimento do Brasil. Um artista genuíno, polivalente e autodidata.

Maestro: Paulinho Dáfilin – No espetáculo atua como Maestro, compositor, arranjador e violonista. Músico de carreira renomada foi arranjador e produtor musical de Jair Rodrigues. Dáfilin trabalha com Roberto Mendes, Maria Bethânia e outros artistas consagrados da música popular Brasileira. É também idealizador de diversos projetos para valorização nacional.

Intérprete: Glaucia Nasser – A cantora, cofundadora e relações públicas da Fundação Brasil Meu Amor acredita que, por meio da arte, é possível abordar uma parte essencial da história que nos inspira a colocar o melhor de nós a serviço do Brasil. Glaucia percorre o País para despertar a vontade de cada um na participação dessa construção.


Dias 22, 23, 29 e 30/05.
Quartas e Quintas às 21h00.

ATENÇÃO:
NÃO SERÁ PERMITIDA A ENTRADA APÓS O INÍCIO DO ESPETÁCULO.

Fotos e Vídeos

1 vídeo 1 fotos